Delfim Amorim: Uma visita à sua obra


Com a presente exposição no Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC), sito na Sereia, dedicada a Delfim Amorim deseja-se revelar um distinto quadro sobre a obra deste arquitecto que viveu entre duas das margens do Atlântico. Naturalmente, trata-se de uma visita à sua obra, que se tem consciência de não fazer jus à dimensão e à grandeza dos muitos, diferentes e importantes ensinamentos e préstimos que Delfim Amorim de meados da década de quarenta ao início da de setenta do século XX foi, de forma generosa, a todos oferecendo, primeiro, por terras portuguesas e, depois, brasileiras. Conquanto tal condição, estima-se que a visita de Delfim Amorim a Coimbra possa deveras iluminar o contexto das suas intervenções, em particular evidenciar a reflexão crítica que se lhes acha subjacente. Por se crer que a sua Arquitectura é de hoje e sobremodo que o seu pensamento decerto a todos motivará uma leitura e revisão atentas, em quatro espaços apresenta-se uma resumida perspectiva acerca de alguns aspectos da actividade profissional de Delfim Amorim, que, recorde-se, a 24 de Dezembro de 1951 emigrou para o Brasil, fixando-se no Recife.

A Visita de Delfim Amorim a Coimbra
José António Bandeirinha, Luís Miguel Correia, Carolina Coelho e Bruno Gil

 

 

DelfimAmorim_Cartaz_SET18

 

Sala 1
Delfim Amorim em Casa
Coordenação: Manuel Costa
Curadoria: Luiz Amorim e José Manuel Ribeiro
Montagem e produção dos conteúdos expositivos: Biblioteca Municipal Rocha Peixoto e Câmara Municipal da Póvoa de Varzim

Sala 2
Delfim Amorim e o Mobiliário
Curadoria: José António Bandeirinha, Carolina Coelho, Bruno Gil e Luís Miguel Correia
Montagem e produção dos conteúdos expositivos: Departamento de Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e Círculo de Artes Plásticas de Coimbra
Agradecimentos: Rosa Maria Moreira Alves dos Santos e Manuel Rui Santos

Sala 3
Delfim Amorim e a Azulejaria
Curadoria: José António Bandeirinha, Carolina Coelho, Bruno Gil e Luís Miguel Correia
Montagem e produção dos conteúdos expositivos: Departamento de Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e Círculo de Artes Plásticas de Coimbra
Agradecimentos: Pamella Clericuzzi e Cristiano Nascimento

Sala 4
Quarteto Simbólico
Filme de Josias Teófilo, com Geraldo Gomes, Guilah Naslvsky e Luiz Amorim
Produção: CinemaScópio