Looking at animals


Nesta exposição, intitulada Looking at animals, de Joana Villaverde, a relação com o Outro é construída sobre uma linhagem de relações que invariavelmente nos confronta com o corpo, com um determinado contexto onde esse corpo se expande ou, pelo contrário, se contrai e reencontra o seu sentido noutras morfologias que aparentemente escapam à figura humana, mas da qual resgatam um sentido da vida que nos conduz a repensar-nos enquanto seres em relação, que se olham e se reconhecem, sejam estes animais, no sentido mais literal, ou humanos, numa acepção ética, moral e política que nos define.